Começou neste final de semana e segue até o próximo dia 08 de novembro a IV Bienal Internacional do Livro de Alagoas.

O evento, que neste ano conta com a presença de 300 editoras expondo cerca de 20 mil títulos, tem como tema principal a inclusão de todos no mundo da leitura usando para isso 14 oficinas inclusivas voltadas para deficientes visuais, auditivos, crianças com síndrome de down e outros portadores de necessidades especiais.

Não deixa de ser uma boa idéia para ser adotada por outras grandes bienais, como a de São Paulo, por exemplo.

A reportagem completa do site GazetaWeb, de Alagoas, pode ser conferida clicando aqui.