por Camila Dias e Arethusa Dias

Temos ressaltado aqui várias atitudes e batalhas para que realmente haja a inclusão de pessoas com deficiências na sociedade, tanto nas escolas quanto no mercado de trabalho. No entanto, aqueles que se dedicam a melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, não raramente têm poucas condições financeiras, mas muita boa vontade.

Postamos aqui sobre a importância da leitura e da convivência com os livros e a Carol Marzagão está tentando fazer exatamente isso: levar livros em Braille para pessoas com deficiência visual. Ela é uma destas heroínas que tentam superar as barreiras do preconceito, do baixo poder aquisitivo e da quantidade mínima de auxílio para ampliar as possibilidades daqueles que nasceram sem ou perderam, no decorrer da vida, a visão.

Carol busca ajuda para obter equipamentos (como a Impressora Braille Index Basic D) e assim poder fazer a transcrição de livros. Se você, de alguma forma, puder ajudar, acreditamos que isso poderá ser um ponto de mudança na vida de muitas pessoas.

Fontes:

http://blogdacarolmarzagao.wordpress.com/2010/12/28/uma-pena-mas-continuo-na-luta/

http://blogdacarolmarzagao.wordpress.com/2011/01/16/esclarecimentos-acerca-da-vaquinha-para-a-compra-de-impressora-braille/

http://www.vakinha.com.br/Vaquinha.aspx?e=28290&pwd